Feminismo

Duas coisas: já comentei sobre feminismo no meu outro blog, o “Instantes e Mininutos”; e, já disse que retornaria a comentar sobre o livro “Deus ou Nada – Entrevista sobre a Fé”, de Cardeal Robert Sarah e Nicolas Diat, da Editora Fons Sanpientiae.

Então, vamos nessa!

Estou, atualmente, antes da metade, mas quase lá, na leitura do livro já citado. Li algo interessante sobre o lugar da mulher na Igreja Católica e vou reproduzir um pequeno trecho, para os interessados no assunto. São palavras do Cardeal Sarah:

“No mundo, há sociedade matriarcais e patriarcais, cada um desempenha seu papel, em função de sua natureza. Seguindo o plano de Deus, a mulher é mãe e o homem é pai. As mulheres deveriam lutar para que não se utilize, comercialiazando-os, os seus corpos sagrados, porque o corpo é o templo de Deus e o Santuário da vida. Na Igreja as mulheres podem ter um papel muito importante, começando pelo ideal mais prestigioso, a aspiração à santidade” (págs.149-150).

O trecho do livro “Deus ou Nada…” demonstra a visão de uma religião, você concorda, ou não. Mas acho super válido no momento atual em que vivemos. Porque “feminismo” está se tornando uma maneira distorcida de se supervalorizar a sensualização do corpo da mulher e, também, a comercialização do mesmo.

Penso que um feminismo bem pensado sabe valorizar o corpo da mulher como algo sagrado e, nisso, o que Cardeal Sarah disse cai muito bem. Porque afinal, o corpo da mulher gera vida. Não vamos vender nossos corpos, mulheres, não vamos banalizar nossos corpos com egocentrismo excessivo.

Feminismo pode ser uma coisa bem diferente do que andam dizendo por aí.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s